Ideias para exercícios

Navegar no Instagram é desesperante. Há tantos autores a fazer peças gráficas porreiras… um deles é o (ou a?) In White Rooms.

Fica aqui a ideia / desafio / exercício de cópia para uma das aulas do primeiro ou do segundo módulo. Basicamente:

  1. usar uma função sinusoidal para percorrer uma imagem com uma ellipse (obtém-se uma linha às ondas)
  2. fazer disso um loop (obtém-se um padrão);
  3. fazer offset de rotação (colocar o padrão num dos ângulos de ataque/separação);
  4. (opcional) repetir com outra cor num ângulo diferente, como se fosse uma impressão?;
  5. colocar uma imagem no fundo (visível ou invisível);
  6. modificar a dimensão (raio) da ellipse conforme a densidade da cor da imagem “por baixo”;

Maurice Meilleur & Juriaan Schrofer

Esta semana, vi a versão longa da conferência do Maurice Meiller. Acho que toda a gente tem que ver esta conferência do Letterform Archive (o arquivo em vídeo deve estar em breve disponível no Vimeo).

Portrait of Schrofer built out of his alphabet created by designers at Total Design (site do Maurice)

Meilleur percorre a história/biografia deste designer holandês, colega do Wim Crouwell na Total Design. Fala de alfabetos modulares, mas acima de tudo, de sistemas de regras. Crouwell e Schrofer foram verdadeiros percursores digitais. Pioneiros do design algorítmico / computacional. E, claro, acima de tudo excelentes designers!

Mais duas adições de peso à lista de autores

Aaron Marcus @ Archive.org

Como anunciei várias vezes através do Moodle, nestes 3 dias, a conferência TypeLab da Typographics está a correr online, com streams públicos em 3 fusos horários, permitindo ter a conferência a correr quase ininterruptamente durante 72 horas.

Continuar a ler “Aaron Marcus @ Archive.org”

Leia android mode

Uma pequena aplicação para criar rabiscos com efeito de arrasto em Android. Tudo o que aprendemos em LSI, convertido numa aplicação nativa e publicada na Playstore por apenas 25€ (taxa única amortizável nos próximos anos…)

Mais informações em breve.

Era suposto publicar aqui o código e os truques de como ter uma pequena app publicada na Play Store. Mas aqui o inteligente não se lembrou que não estamos no contexto académico—a utilização de imagens e marcas conhecidas é proibida… Logo, a aplicação foi recusada passado 5 dias… Remeber kids—keep your noses clean!

Arrastar e largar ficheiros e pastas “para dentro” do sketch em tempo real

Manimals v. 0.1 alpha (drag & drop test)

Um dos requisitos muito procurados sempre durante o ano é a personalização em tempo real dos skeches. Uma biblioteca que permite fazer isto é a Drop: http://transfluxus.github.io/drop/

Continuar a ler “Arrastar e largar ficheiros e pastas “para dentro” do sketch em tempo real”

Manoloide & Gravação de Audio

Já cá não escrevo há algum tempo. As sessões em Zoom têm ocupado a maioria do tempo e energia e resta pouca vontade de estar à frente do computador.

Ainda assim, já tinha esta referência para adicionar aos autores e artistas:

Continuar a ler “Manoloide & Gravação de Audio”

Um append simples com vetores bidimensionais

Alguns estudantes têm perguntado como fazer um append — fazer crescer um vetor — quando usamos variáveis compostas/complexas. Em aulas passadas temos feito algumas operações sobre vetores (arrays), tanto em valores simples, como em strings. Os métodos são semelhantes e parecem eficientes. Para aqueles que estudaram a referência online, já viram que podemos utilizar métodos específicos para crescer ou adicionar valores as listas simples. Mas, na aula passada, usamos vetores bidimensionais.

Aqui ficam dois truques para manipularem este tipo de objetos.

Continuar a ler “Um append simples com vetores bidimensionais”

Squash & Stretch simples (pré-objetos)

Alguns estudantes têm sentido dificuldades em compreender o princípio de um squash & stretch. O primeiro conceito a reter é a animação. Um squash & stretch precisa de uma deformação inicial (squash). Tipicamente esmagar. Seguido de uma animação que estica (para além do tamanho original). E, para terminar o loop, tem que voltar a esmagar para o tamanho original. Esta animação deve decorrer, pelo menos, uma vez.

Ora vejam em ação:

Então… como é que isto se traduz em código? De duas formas. A primeira, mais mecânica é usar um conjunto de ifs.

Continuar a ler “Squash & Stretch simples (pré-objetos)”

Mais uma moeda, mais uma volta… todos à distância, claro!

Segunda semana de contenção e isolamento. As aulas online continuam a decorrer com o Colibri-Zoom. Desta feita com uma assistência ligeiramente maior do que na semana passada (mas não tão popular como as aulas de tipografia ou desenho de tipos!)

Durante a manhã, deu para (re)ver alguns trabalhos em processo. De uma forma global, todos estudantes parecem estar a compreender o objetivo, pesquisar autores e a realizar obras gráficas interpretativas a partir do espólio / estilo gráfico estudado.

  • Fizemos (começámos na aula e acabei aqui) uma distorção polar simples, baseada no trabalho de Victor Vasarely usando cálculos novos (abs e map);
  • Continuamos uma ideia de uma máquina de desenho baseada no Georg Nees, utilizando trigoometria para calcular rotaçõs e o pushMatrix (parece que todos querem rodar e transformar os desenhos este ano!)

Durante a tarde vimos novamente uma série de exemplos porreiros mas o mais entusiasmante foi — novamente um desafio — criar uma espécie de padrão de linha ondulante de calçada portuguesa (ou calçadão do leblon?).

Novamente, numa rápida sessão de “live-coding”, usamos a trigonometria para explicar o movimento ondulatório. As dúvidas deste ano estão a puxar muito para a geo-trigono-metria 😉

Continuar a ler “Mais uma moeda, mais uma volta… todos à distância, claro!”

Aulas à distância

Espirais malucas a partir da obra de Vera Molnar

Com o surto do COVID-19 a alastrar-se, a UP implementou o plano de contingência. O que significa a suspensão das aulas presenciais e substituição por momentos/aulas à distância.

Durante a sessão da manhã (já disponível online) e durante a tarde também (vídeo em breve) as dúvidas exercícios e discussão foram muito fixes.

Continuar a ler “Aulas à distância”